Home > Documentos > Publicações > Moçambique monitora qualidade de telecomunicações

O Ministro que falava, na localidade de Nambilange, Distrito de Manjune, no Niassa, na inauguração da estação base de telefonia móvel celular local, explicou que a medida visa promover a melhoria da qualidade do serviço de telefonia móvel celular, em cumprimento do plasmado no Programa Quinquenal do Governo, (2020 – 2024).

A monitoria da qualidade dos serviços prestados pelos operadores de telefonia móvel celular culminará com a produção de um relatório sobre a qualidade do serviço prestado por cada operador, para que os cidadãos tenham consciência nas suas opções de subscrição, facto que poderá levar aos operadores a melhorarem a sua performance.

O Governante acrescentou ser prioridade do Governo a prossecução da expansão do acesso aos serviços de telecomunicações, sem descorar da melhoria da qualidade deste serviço. “Não obstante os melhores resultados que temos vindo a alcançar com a expansão da rede de telecomunicações, preocupa-nos ainda a qualidade dos serviços prestados aos cidadãos, sendo a monitoria para mensuração desta qualidade, uma das resposta a este desafio”, disse.

A estação base de telefonia móvel celular inaugurada pelo Ministro em Nambilange é parte do Projecto de Extensão da Rede de Telefonia Móvel que contempla 30 estações-base de telefonia móvel celular, beneficiando igual número de localidades nas Províncias do Niassa, Cabo Delgado, Nampula, Zambézia, Sofala, Manica, Tete, Inhambane e Gaza.

O Projecto da Extensão da Rede de Telefonia Móvel para 30 localidade é avaliado em cerca de 400 milhões de meticais, desembolsados pelo Fundo do Serviço de Acesso Universal e beneficia cerca de 260 mil habitantes das localidade contempladas.